Moça com brinco de pérola

  • Nas aulas do mês de novembro de 2007, como encerramento do conteúdo sobre Contextualização da Arte, Arte erudita e Técnicas e materiais expressivos das Artes Visuais passei pros meus alunos de Ensino Médio o filme “Moça com brinco de pérola” de Peter Webber, 2003.

    A obra “Moça com Brinco de Pérola” é uma das mais famosas pinturas na história. Considerada por estudiosos de arte a “Mona Lisa” holandesa, pouco se sabe sobre sua real inspiração. Isso porque a vida de seu criador, o holandês Johannes (ou Jan) Vermeer, é envolta em mistério.

    moça com brinco de pérola

    Sabe-se pouco da história de Vermeer: nasceu em 1632, em Delft, na Holanda, casou-se aos 20 anos com Catarina, uma jovem rica, e morreu aos 43 anos, em 1675. Das obras que realizou, 35 são conhecidas e calcula-se que cerca de 20 estejam perdidas. Dentre as obras mais conhecidas do artista estão “O ateliê do artista” e”A leiteira”.

    A escritora Tracy Chevalier se aproveitou da pouca informação sobre a vida do artista e escreveu o romance “Moça com Brinco de Pérola” (Bertrand Brasil, 2002), uma ficção sobre o que levou Vermeer a realizar sua obra-prima, que se estima ter sido criada por volta de 1665.

    A produção cinematográfica, uma adaptação fiel à publicação, apresenta um Vermeer (Colin Firth, de “Shakespeare Apaixonado”) angustiado pelas pressões da sogra, a comerciante de suas obras. Naquela época, pintar era um trabalho artesanal encomendado por gandes mecenas (geralmente ricos comerciantes ou membros da nobreza, que ostentavam seu status por meio da aquisição de obras de arte). Wermeer é considerado um gênio da pintura, mestre em representar cenas do cotidiano com extremo realismo, explorando a iluminação natural dos ambientes em composições detalhadamente planejadas.

    O filme também é um primor. A reconstituição de época, desde o cenário da antiga Delft, passando pelo vestuário e objetos de cena, dignos de Oscar na Direção de Arte. Outro ponto belíssimo é a fotografia do filme. Ela reproduz a atmosfera das obras de Wermeer, captando as nuances de claro-escuro e o jogo de cores. Várias vezes eu parava o filme só pra apreciar isso.

    scarlett johansson

    E sem esquecer de comentar, claro, a beleza sublime de Scarlett Johansson (que interpreta Griet, a moça do brinco), uma das minhas preferidas jovens atrizes. A atuação de Scarlett expressa ao mesmo tempo uma timidez recatada com uma sensualidade e segurança na personagem. A sutil tensão sensual nas cenas entre Griet e Wermeer ficam na linha tênue entre a admiração do artista pela sua musa e a atração sexual pela mulher à sua frente. A atuação comedida de Colin Firth (Wermeer) mostra um artista sério e atormentado pela ânsia criativa e a necessidade de sustentar a família, só que não de uma forma exagerada e caricata, o que seria um estereótipo desse tipo de artista, mas baseada numa expressão corporal e facial mínima deixando o espectador interpretar seus sentimentos.

    Bem, me estendi no comentário desse filme porque vi mais de 10 vezes com minhas turmas, mas cada vez que via não enjoava (muito devido à beleza de Scarlett admito), mas, principalmente porque o filme realmente merece. O próximo filme da lista pra comentar é “O Violino Vermelho”, belíssimo também e já me sugeriram “Mondigliani”, que ainda vou atrás na locadora.

    Garcia Junior.

18 Comments

O que você acha?

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

  • Taynah

    8 dezembro, 2007

    Nossa, a escolha de Scarlett Johansson pra interpretar Griet foi excelente. Os traços são muito parecidos. Acho que já tenho um filme pra iniciar 2008.
    ;)

  • Rosifrance

    18 janeiro, 2008

    garcia, você já viu o filme “incógnito”? se não, vale a pena!!!Um artista anônimo que recebe uma proposta tentadora e lucrativa de pintar um quadro imitando técnicas de Rembrandt e o final fica para vc e o pessoal que visita o blog conferir…

  • admin

    19 janeiro, 2008

    Olá Rosifrance, obrigado pelo seu comentário. Não, não vi esse filme. mas já está na lista dos que verei e pra ser comentado aqui no Blogarte!

  • Diego

    8 março, 2008

    Nossa, esse do Mondigliani é exageradamente (muuuuito) dramático.
    Aquele filme da Frida Kahlo é interessante. Tem aquelas cenas que se confundem com as próprias obras da pintora.
    Esse “Incognito” (1997) é um filme que dá pra se ver, é até legal. Mas acho que seu forte está no roteiro, mais precisamente na relação entre artista e copista que existem no protagonista. Sem ênfase pra fotografia ou o visual, que eu me lembre.

  • Magno

    23 março, 2008

    De olho na Scarlet, né Garcia? hehe.
    Em qual locadora vc encontrou esse filme?
    Há, já consegui aquela legenda… mas tive que baixar o filme todinho de novo por que a legenda vem junto (através de um torrent).
    Agora vou tentar baixar o de Bernini.
    Até.

  • admin

    23 março, 2008

    Quem não ficaria de olho na Scarlet, não é brother? Linda demais! Achei o filme numa locadora aqui perto de casa, mas ele tinha à venda nas Americanas do São Luís Shopping…

  • João Paulo

    5 fevereiro, 2009

    Assisti ontem ao filme e realmente adorei, muito bom mesmo…!!!

  • dayana

    27 março, 2009

    também já vi este filme mais de 10 vezes e todas foram maravilhosas, é um filme que te prende em todos os detalhes principalmente na fotografia, ficou perfeita, uma obra de artes. Todos que apreciam as belas artes deveria ter este !!

  • pamela

    28 agosto, 2009

    sou aluna do curso de artes e apaixonada por pintura, sempre que possivel mande reportagens, imagens, e entrevistas que tenham a ver com a arte…

  • Monica Rodrigues

    1 outubro, 2009

    Caro Colega,

    Passeando pela internet a procura de mais informações sobre A moça com o brinco de pérolas para enriquecer minhas aulas, caí de paraqueda em seu Blog. Foi bom que descobrir uma afinidade comum: o cinema. Acabei de comprar esse filme pela internet para poder apreciar e passar aos meus alunos depois. Conheço somente dos comentários e pelo que pude ver em seu blog, é uma boa escolha… como vi algumas dicas, não sei se já viu Sonhos de Akira Kurosawa (coletânea de histórias, entre as quais uma é relacionada ao pintor pós-impressionista Van Gogh), Um abraço.

  • Famy

    5 outubro, 2009

    Hi Adorei, Essa Obra!!!
    Ficou muito Show!!!

  • Marina Lua

    3 novembro, 2009

    VEJA MODIGLIANIIIII!!!! É UM FILME EXCELENTE, AJUDA A ENTENDER TODA AQUELA EFERVESCENCIA DE RIVERA, PICASO, UTRILLO, RENOIR… É PERFEITO.

  • Moça com Brinco de Pérola « Marcos0712

    11 novembro, 2009

    [...] dos quadros do Vermeer, e particularmente, o artigo em inglês está melhor que o em Português. No Blog da empresa Imagética, Garcia Junior elogia o filme. De fato o filme é lindo, a fotografia é maravilhosa, mas eu achei [...]

  • Marcos

    11 novembro, 2009

    Bom dia, gostei do post do blog de vocês e coloquei um link no meu blog pq eu estava falando também do filme. (falando nada, eu evito escrever muito). Obrigado

  • Line

    14 novembro, 2009

    Hoje estava olhando À televisão, e vi uma reportagem sobre este quadro e sua semelhança com Scarlet, fiquei impressionadissíma, a simetria é perfeita. curiosa para saber mais e temdo sede por obras de arte que só eu, resolvi pesquisar sobre tal quadro e fiquei impressionada com a história da obra, obrigado por nos informar garcia! :)

  • Mayra Lisboa

    25 novembro, 2009

    Nossa, a análise está perfeita. Continue postando analises como essa, Garcia.
    Deus abençõe!

  • Bianca

    1 setembro, 2010

    olá
    adorei essa historia.
    e esse desenho é muito encantador a minha prof passou um trabalho pra fazer e eu fiz esse pq foi o9 que eu mais me interesseii.

  • Maiza

    18 setembro, 2010

    Muito bem posto, parabéns. Eu sou como você: tive momentos deliciosos apreciando as cores, os objetos, a incrível reconstituição do ambiente desse filme. Vi Modigliani também, muito interessante, mas pelo que li depois que vi o filme, foge um pouco demais à realidade. Sei lá. Vou procurar “Incognito”..

  • RSS
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • YouTube