Greve de professores no Maranhão e Liceu MA

  • Dia 16/03 (quarta) de 2011, às 8h, os professores do Liceu Maranhense, uma das principais escolas de Ensino Médio do sistema público de educação do Maranhão, se reunirão para avaliar os encaminhamentos das reivindicações e negociações feitas sobre a Greve dos Educadores 2011 no Estado. Observa-se que o impasse em evoluir nas negociações está no posicionamento irredutível do Governo de Roseana Sarney em insistir em propostas que não são nada interessantes e justas com o que é de direito ao educador.

    Nessa perspectiva os dias transcorrem e os alunos acumulam déficit nos dias de aula, o que pode acabar comprometendo o ano letivo. Eu, enquanto professor, acredito serem mais que justos todos os pontos exigidos por nós ao Governo do Estado serem contemplados de uma forma ou de outra. A maioria dos professores é contra a greve mas acredita que seja um mal necessário para se conseguir um bem maior.

    Usando meu caso como exemplo, pergunto ao leitor: um profissional de educação que pesquisa; é autor; fomenta e compartilha conhecimento na forma de material didático e informações por blog e redes sociais; utiliza-se de tecnologia e recursos que nem algumas universidades fazem uso e possui duas especializações com experiência de ensino há mais de 13 anos não receba sua progressão de nível por direito e nem o reconhecimento financeiro das titulações que conquistou com muito trabalho?

    Existem professores com mestrado, doutorado até, que não tiveram esse reconhecimento por parte de seu empregador, o Estado do Maranhão, e estão desistindo de trabalhar com educação simplesmente porque a única motivação (que ainda é a mais importante) está no brilho dos olhos do aluno quando percebe que conseguiu despertar sua aprendizagem.

    Feito este pequeno desabafo seguem as últimas informações do Sinproessema:

    GOVERNO NÃO NEGOCIA E A GREVE CONTINUA
    Há mais de dez dias em greve, os trabalhadores da educação estadual ainda não receberam do governo do estado nenhuma posição favorável às reivindicações da categoria não atendidas, que motivaram a paralisação. Os educadores exigem a imediata implantação do Estatuto do Educador e do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, que vêm sendo pleiteados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão – SINPROESEMMA, há cerca de dois anos.

    Segundo o diretor de Comunicação do SINPROESEMMA, Júlio Guterres, o governo não sinalizou para retomada de negociações, mas o sindicato continua aberto às negociações e, até que haja uma iniciativa positiva por parte do governo, a categoria permanecerá parada, mesmo com a forte campanha negativa que vem sendo veiculada pelo Estado contra a classe trabalhadora, que “tenta confundir a opinião pública, caracterizando a greve como um movimento meramente economicista”.

    Para se contrapor a essa campanha de manchar a imagem da greve, o SINPROESEMMA divulgou nota de esclarecimento à sociedade explicando como vem acontecendo a relação entre a categoria e o Estado, desde a apresentação da primeira pauta de reivindicações dos educadores.

    Adesão de servidores em estágio
    A direção do sindicato esclarece que os servidores aprovados no concurso público de 2009 e os excedentes convocados recentemente e que ainda estão em estágio probatório não podem ser punidos por adesão ao movimento grevista. “O servidor não pode ser punido pela simples participação na greve até porque o próprio Supremo Tribunal Federal considera que a simples adesão à greve não constitui falta grave (Súmula 316 do STF)”.

    Repercussão
    A paralisação dos educadores do Maranhão teve repercussão em nível nacional. A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) publicou matéria relatando o movimento no site da entidade (www.ctb.org.br), com informações completas sobre a greve e as manifestações realizadas pela categoria para mostrar à sociedade os motivos que provocaram a paralisação por tempo indeterminado.

    http://portalctb.org.br/site/pelos-estados/greve-na-educacao-publica-do-ma-ganha-forca-na-2-semana-de-paralisacao

    Grande passeata
    O SINPROESEMMA lembra que é importante a participação de todos os trabalhadores nas atividades da agenda de greve que foi organizada pela diretoria do sindicato. Com destaque para a grande passeata que será realizada nesta terça-feira (15), saindo da Praça Deodoro (Biblioteca Pública) até a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), no bairro Monte Castelo. A concentração, a partir das 15h.

    AGENDA DA GREVE

    11 de Março – Sexta-feira
    Manhã – ÀS 8h: Blitz nas escolas e visita às empresas de comunicação.
    Concentração no SINPROESEMMA.
    Tarde – Às 14h: Reunião com os funcionários de escolas

    15 de Março – Terça-feira
    Tarde – Às 15h: Passeata, da Praça Deodoro até a Seduc, no Monte Castelo.
    Concentração na Praça Deodoro.

    16 de Março – Quarta-feira
    Manhã – De 8h ao meio dia: Blitz nas escolas.
    Concentração no SINPROESEMMA

    Fonte: texto de Cláudia Leal – Ascom/Sinprosemma

15 Comments

O que você acha?

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

  • raimundo ramos neres

    16 março, 2011

    sou também professor no maranhão e estou de greve, pois conheçe bastante a importancia da educação, numa sociedade, moro em teressina e trabalho em imperatriz, mas já estou aposentado no piaui, e estou tratando de saude, e logo voltarei à imperatriz, nós professores sofremos bastante por conta de gov. ruim, sem compsrometimento com a educação,,,,mas sem luta nõa se consegue nada.. vamos a luta..

  • Júnior Meireles

    16 março, 2011

    Gente o negócio é sério mesmo os professores ñ estão de brincadeira ñ……

  • wallace L. Mota

    16 março, 2011

    sou professor moro em Carutapera sei do mau que causaremos com a greve e sei que se reivindicamos é por que o mau já estava instalado em nosso estado a culpa não é de quem luta é de quem fica de braços cruzados esperando tudo passar, vamos em frente, estou em greve também, que pena que meus amigos professores ainda não se lebertaram do medo do estado.

  • liciane

    17 março, 2011

    sou estudante e estou sendo muito prejudicada ate por que irei fazer o terceiro ano e tem enem mas fazer o q? temos q esperar

  • @Twisaah

    21 março, 2011

    palhaçada isso sim!
    porra os professores do Maranhão ganham 70% a mais que os de SP,
    merda tá reclamando de que?
    se vocês queriam salário melhor, sinto muito estão na carreira errada seus FDP!
    enquanto vocês ficam com essa palhaçada, continuam recebendo seu dinheiro e quem se fode são os alunos!

  • Revoltado com essa palhaçada!!

    27 março, 2011

    Esses bando de fdp fingem que querem melhoria na educação mais o que eles querem mesmo é dinheiro, vocês podem prestar atenção, toda vez que tem greve não há melhoria de PORRA NENHUMA mais basta que o governo anuncie o aumento de salário pra que eles parem com essa palhaçada. Concordo com o outro comentário, se vocês querem dinheiro então vão pra outra profissão ap invés de ficar prejudicando os outros!

  • admin

    29 março, 2011

    Se ser um fdp pra você é uma pessoa que luta pelo que é de direito da sua profissão e que repercute diretamente na qualidade do ensino, então eu sou um. Mas, pra mim, fdps são aqueles que não tem coragem de se identificar nas tolices que falam.

  • Carlos Roger

    30 março, 2011

    http://alunoprotesta.blogspot.com/

    professor da uma olhada. Sou Liceista, e lá na escola, graças a essa bendita greve, estamos sendo obrigados a fazer grupo de estudos para não ficar sem aula. Peço compaixão dos professores e que voltem a dá aula. Eu sei que nesse meio ainda a alunos que estão gostando de estar em casa, mas em meio dessa grande porcentagem também a alunos que querem estudar e estão se sentindo prejudicado com essa greve. esperamos que isso acabe logo, se não daqui a pouco teremos que chegar a ponto de nós mesmos pagar professores particulares ou mudar de escola por que assim não dá.

  • GILBERTO SILVA

    31 março, 2011

    O GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO CONSIGUIU IMPLATAR A GRANDE MENTIRA DE QUE OS PROFESSORES DO MARANHÃO SÃO OS MAIS BEM PAGO DO BRASIL.PORÉM FALTA-NOS UMA EXPLICAÇÃO. E AI VAI ELA. OS CONTRATADOS GANHAM APENAS 630 REAIS MENSAL. ISSO É SER BEM PAGO?
    OS EFETIVOS CONCERTEZA GANHAM MUITO BEM, SIM, O GOVERNO SÓ NÃO DISSE QUE OS EFETIVOS SÃO A MINORIA, O QUE POR SUA VEZ OS CONTRATADOS, SÃO A GRANDE MAIORIA, LEMBRANDO AINDA QUE A ESTES NÃO É CABIVÉL NENHUM DIREITO , A NÃO SER OBEDECER, POIS SE NÃO OBEDECE PERDE O CONTRATO. E A SAÚDE DO PROFESSOR QUEM PAGA, E AS PASSAGENS VALE TRASNPORTES. SÃO TANTAS AS MENTIRAS, QUE PESSOAS COMO OS DOIS CABEÇA DE CAMARÃO ACIMA , ACABAM ADERINDO SEM SABER O QUE DIZEM.
    PPROFESSOR DEVE SER VALORIZADO, E OS PROFESSORES DO MARANHÃO NÃO ESTUDARAM PARA SEREM JUMENTOS DE CARGA DA FAMILIA SARNEY.
    CARUTAPERA É MINHA CIDADE, NELA O PRÉDIO DO ESTADO ESTÁ QUASE CAINDO SOBRE OS ALUNOS, E O GOVERNO NUNCA FEZ NADA. QUANDO CHOVE OS ALUNOS SAEM DA SALA DE AULA POIS CORREM O RISCO DO PRÉDIO CAIR SOBRE AS SUAS CABEÇAS, ESSE É O VALOR QUE O GOVERNO DAR A EDUCAÇÃO DO MARANHÃO, SALAS LOTADAS, TETO SUJO, FALTAM VIGIAS.
    POR MEU AMIGO ISSO É DE MAIS.
    A GREVE CONTINUA!!!!!!!!!!!!!!!!

    PROFESSORES VAMOS LÁ A DITADURA JÁ PASSOU…A LUTA CONTINUA, O MARANHÃO TEM QUE MUNDAR..

  • Amanda

    1 abril, 2011

    Sim, digamos que você esteja certo.. mas e o lado dos alunos? Legal é você dizer que está lutando pelos direitos mas e o alunos? Não temos direito às aulas? Acho o seu discurso um tanto egoísta, mas em opinião dos outros não se manda né! =D
    E claro que os de cima não irão se identificar já que se eles forem alunos, provavelmente serão visto com outros olhos por vc, correndo o risco até de prejudica-los.

  • Amanda

    1 abril, 2011

    e só completando… queria dizer que nós (alunos) não tomamos partido de ninguem, nem de professores nem de governo.. queremos apenas o direito à educação.

  • RICARDO GOMES DE MORAES

    2 abril, 2011

    SOU ALUNO E TENHO O DEVER DE APIAR AQUELES QUE ME AJUDÃO DENTRO DA SALA DE AULA SOU DE VITORINO FREIRE E TAMBEM ESTOU SENDO PREJUDICADO GRAÇA AO GOVERNO DE ROSEANA QUE FALA QUE ESTÁ ACHANDO BOM ESTA GREVE POIS ESTÁ GASTANDO MNOS DINHEIRO COM ÁGUA LUZ E PAPEL ESSA É UMA PÓSSIÇÃO DE UMA GOVERNADORA? U APOIU DE TODA FORÇA OS PROFESORES POIS ESTÃO LUTANDO NÃO SÓ APENAS POR AUMENTO DE SALÁRIO E SIM PELO MELHOR DESENVOLVIMENTO DA EDUC~ÇÃO

  • @thaiss

    6 abril, 2011

    estou no extremo nessa greve, acho ela justa, mais nós, alunos, nao temos nada a ver e somos os mais afetados pela msm …
    professores se nao conseguirem o piso continuem msm de greve, é um direito e foi prometido por essa governadora que nao faz nada pelo maranhao, apenas roubar, sei que o jackson lago tbm nao foi nenhum ‘bonzinho’ na politica, mais eu duvido que se ele ainda estivesse vivo e estivesse no poder nao iria haver essa greve… afinal ele nao ia prometer o que nao lhe cabe. professores se iludiram com a promessa de roseana e agora tao pagando. FORA GOVERNADORA @:

  • Roni

    18 abril, 2011

    Bom alunos que reclama que estão perdendo o ano, lembrem-se que ano passado as aulas iniciaram dia 29 de abril e apenas com alguns professores, porque algumas matérias nem professores tinham, e onde estava os alunos para reclamar???????

  • Paulo

    17 maio, 2011

    Não são professores são mercenários, não respeitão a justiça mas querem justiça. São culpados também pela burrice que reinos no Maranhão. Pena que temos um governante sem pulso. E os estudandes são inertes.

  • RSS
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • YouTube